Africa Inland Mission Internacional

Aim Global Aim Global

MOÇAMBIQUE – ATUALIZAÇÃO 16/MAIO 17/05/2019

MOÇAMBIQUE – ATUALIZAÇÃO 16/MAIO

8 semanas se passaram desde que o Ciclone Idai atingiu Moçambique. Estavámos nos recuperando do primeiro ciclone, quando o país foi atingido novamente há alguns dias com o Ciclone Kenneth. É a primeira vez na história que Moçambique foi atingido duas vezes em um intervalo tão curto, deixando destruição total para trás.

Nossos missionários tem trabalhado para distribuir alimentos, cobertores e roupas que foram arrecadados e adquiridos através das ofertas que tem sido enviadas, buscando atender as milhares de pessoas afetadas pelo ciclone. Já foram distribuídas cerca de 18 toneladas de alimentos e numerosos sacos de roupas e cobertores. Isso não teria sido possível sem a sua contribuição e oração e também sem a participação de nossos parceiros nacionais e internacionais como Mercy Air, Programa Mundial pra Fome, SEPAL, MISSÃO ZERO, MISSÃO DIANTE DO TRONO e muitas outras igrejas que se engajaram nesta ação.
Agradecemos ao Senhor por seus corações compassivos e generosos.

Perto de Espungabera, fomos capazes de distribuir nas seguintes áreas da região: Makumba, Muchinedzi, Zimowane, Chitende, Sambanje, Dombe, Muchiyoyo, Bunga (2 áreas), Mashaquare, Mave, Siyabuzana, Chitsamma, Mupengo e Bundwa. Algumas entregas foram feitas por canoas improvisadas e outros, viajaram cerca de 8-9 horas no que sobrou das estradas. Agradecemos ao Senhor pela vida de nossos obreiros locais, como Matteus, Joachim e Izak, e seu compromisso na distribuição dos itens, mantendo registros detalhados, enviando fotos, deixando suas famílias e a reconstrução de suas próprias casas para ajudar.

Os recursos também possibilitaram a compra de um gerador, que tem sido de grande ajuda para algumas atividades. Até hoje ainda não há eletricidade em algumas regiões e fomos informados de que pode levar até 5 meses para que possa retornar completamente. O departamento de eletricidade do país tem uma tarefa enorme para reparar os danos causados por Idai, e agora Kenneth.

Por favor, mantenha-os em suas orações, principalmente pelo descanso físico, mental e espiritual.

A realidade é que os alimentos precisarão ser distribuídos, em algumas regiões, até o início do ano que vem, quando os moçambicanos poderão colher suas colheitas que serão plantadas no final deste ano. 

Muitas das casas destruídas são rurais, o que será um desafio quanto à forma como os materiais chegam lá, porém estamos empenhados em ajudar essas famílias na construção e reparos de suas casas, incluindo os obreiros que tanto auxiliam a logística das doações.

Há muita ajuda humanitária chegando de vários países, ONGs, e organizações ligadas à ONU. Na região mais central, há cerca de 110 abrigos temporários na Província de Sofala, com pouco mais de 100.000 pessoas abrigadas. Alguns tem boa assistência, outros nem tanto. Mas, não é um lugar apropriado. Sempre há aproveitadores, infelizmente temos ouvido relatos de pessoas que se utilizam da situação para roubarem e até mesmo forçar favores sexuais das mulheres em troca de ajuda.

Na região norte, recém atingida pelo Ciclone Kenneth, houve muitos alagamentos e por ser uma região mais rural, também foi grande o número de desabrigados e mortos. Nossa equipe na região está segura, e ajudando as pessoas mais atingidas.

Pela graça de Deus nossa equipe foi capaz de entregar 218 kits para a aldeia de Napala. Napala é uma aldeia de 218 famílias no posto administrativo de Mucujo (principalmente Mwani). Os kits tinham um saco, um balde, um copo de 1 litro, um rolo de corda, duas redes mosquiteiras, um cobertor e uma lona. A ideia era ajudar a fornecer abrigo temporário e uma maneira de evitar outros problemas que podem surgir através de água parada, como a malária. A aldeia ouviu o Evangelho duas vezes, bem como conversas de acompanhamento.
Quatro Bíblias em áudio foram dadas a quatro pessoas nos quatro cantos do bairro. A esperança é que as pessoas nessa área do bairro se juntem para ouvir. Acreditamos que o chefe local agora nos deu uma porta aberta nesta vila, assim como o administrador do distrito. Do começo ao fim, vimos a mão do Senhor nesta resposta.

O distrito de Macomia sofreu dois ataques desde o ciclone. Ambos foram realizados em áreas onde a distribuição de ajuda foi feita sem confirmação da presença de segurança remanescente após a distribuição. Ore por segurança!

A Radio Nuru foi atingida pelo ciclone. O telhado da estação estava quase arrancado, mas por sorte não foi completamente destruído. Nosso transmissor foi danificado (nós já compramos um novo para R50.000 e o enviamos para Nuru) e a torre do transmissor também está danificada, o que requer reparos o mais rápido possível. Quatro funcionários perderam suas casas e dois de nossos pastores associados também. Nossos gerentes de estação, Andries e Sunette Schwartz (sul-africanos de língua africâner) vivem na premissa da estação, mas felizmente a casa deles não foi danificada, já que é uma construção melhor.

Em nome de nossa equipe (e de todos os moçambicanos) gostaríamos de agradecer a cada um de vocês novamente por sua parceria, compaixão e generosidade em contribuições, apoio e orações. 

Deus abençoe todos vocês. Por favor, continuem a orar pelos nossos irmãos e irmãs de Moçambique.

Para ler as cartas de oração desses irmãos, acesse aqui:

Família Welzel

Maura Juça 

Cecília 

Atualização 05/abril

Todas as fotos abaixo foram enviadas por nossos missionários durante os meses de abril e maio de 2019.
All rights reserved ®