06/11/2017

Aos 45 minutos do segundo tempo

CONTANDO A VIDA
Maura Juçá Manoel – Outubro/2017

Aos 45 minutos do segundo tempo
Como uma boa torcedora do Flamengo, fiquei feliz ao ler na internet que o meu time conseguiu mudar o placar no minuto final. Ou para ser mais precisa, reverteu o jogo na prorrogação, aos 50 minutos. Incrível. Que pena que não assisti, mas, ao ler sobre o empate heróico não pude deixar de fazer um paralelo com o que tenho vivido ultimamente.

No meio de tantas actividades no Instituto Bíblico, viagens, e trabalhos na igreja, ainda tenho lutado com a pesquisa para o meu doutoramento. Tenho uma óptima orientadora, mas ela é uma pessoa muito ocupada e vive em Portugal. Esse facto somado a nossa internet (que é só pela graça), e os desafios de um computador velho, que de vez em quando me deixa na mão, eu comecei a ficar agitada ao ver os meses passarem. A comunicação estava prejudicada, e o progresso da pesquisa lento. Quando parecia que já não havia mais esperança de recolher os dados ainda esse ano, Deus agiu. Às vésperas do último mês do ano lectivo, (aos 45 minutos do segundo tempo) o jogo mudou. Um amigo de longas datas e técnico conseguiu deixar meu computador em dia, a velocidade da internet foi corrigida pelo meu provedor e o que foi mais incrível, a comunicação com a minha orientadora foi restabelecida e ela me deu excelentes conselhos e sinal verde para avançar. Isso tudo na última semana antes das provas finais das escolas públicas. E aí foi correr atrás do tempo. Consegui avançar e ir ao campo para recolher os tão esperados dados para a pesquisa. Assim tenho com o que começar e no início do próximo ano lectivo vou dar continuidade. Deus surpreende. Ele age quando parece que já não vai dar tempo. O tempo Dele é perfeito. Louvado seja Deus.

Koinonia
Na década de 80 um casal cristão abriu as portas da sua casa, estrategicamente localizada no coração de Maputo (capital de Moçambique) para receber missionários e demais cristãos que estavam de passagem. O local até hoje conhecido como Casa Koinonia, carrega o slogan “Um Oásis para missionários”. De facto o lugar faz jus ao seu nome e ao seu lema. Diariamente passam pessoas por lá vindo de diversas partes do mundo. Durante a refeição pessoas conversam a volta da mesa, as vezes de inglês, as vezes em Português. E ali muitas relações se estabelecem, é tempo de comunhão, troca de experiência, e estabelecimento de novos contatos etc. Fiquei nesse local abençoado durante o tempo que ensinava um módulo no Seminário ISTEM. Foi óptimo rever amigos de muito tempo e conhecer novos missionários. Maravilhoso poder sair para tomar um bom café com amigos e descansar da minha rotina tão intensa. Além disso, foi uma excelente oportunidade para divulgar os livros e livretos que tenho publicado. O tempo de comunhão com meus alunos do curso do Mestrado em Teologia também foi muito especial. Experimentei dias de Koinonia em Maputo.

Projecto 5 X 5 - 5 mulheres em treinamento por 5 meses
As aulas de artesanato continuam. Nós investimos em 5 mulheres para um curso acelerado de costura de 5 meses. Queremos que todas além de costurarem a mão dominem a máquina também. Elas estão bem contentes e o progresso é visível. Ainda estamos a lutar com a burocracia dos documentos do nosso terreno. Tem horas que me sinto muito cansada e sem esperança, mas, então me recordo que sou Flamengo, e que quem sabe vamos virar o jogo quando parece que já não há esperança. Quem sabe Deus vai nos dar a vitória mesmo quando forem 45 minutos do segundo tempo. Conto com vossas orações.


“Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim? “ Jeremias 32:27.

Estarei a viajar para o Brasil no início de Dezembro até meados de Janeiro para controle dos meus exames médicos e um breve descanso. Peço as vossas orações.

Maura Juçá Manoel

Avatar
Publicado por Fernanda