29/12/2016

Caminho missionário

“I Cron.4:9”

Muitos de nós e por suposto todos nós, já tivemos a oportunidade de ao ler trechos do A.T., encontrarmo-nos diante desses versos que tocam nossa alma: “… Jabez invocou ao Deus de Israel dizendo: Oh, tomara que me abenções e me alargues as fronteiras, que seja comigo a Tua mão e me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição. E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido.”

É esse o nosso Deus, que nos cuida  e nos atende em imenso amor, graça e misericórdia, pois nesses últimos meses meu coração estava cheio de perplexidade  quanto ao futuro: término da fase em Moçambique, início do trabalho com o Projeto da Diáspora Africana no Brasil.

Me lembro de Paulo e sua equipe missionária ao mover-se, dirigido pelo Espírito Santo às terras ainda não desbravadas pelo Evangelho, descritas tão fielmente no livro de Atos e nas Cartas Paulinas.

Para a Diáspora Africana a oportunidade é única, um atendimento regado pela consciência da realidade da qual famílias e inúmeros jovens  deixaram seus países de origem por questões sociopolíticas e religiosas. Muitos impulsionados pelas guerras, insegurança e fome, abandonam sua terra natal com um tenue vislumbre de dias melhores. Chegam aqui em nossa grande cidade de  São Paulo, ávidos para derramar suas esperanças. O grupo é imenso e são recebidos os refugiados de raça e cores diferentes e a variedade de crenças nos comove. E aqui estamos nós, o povo de Deus, igrejas comprometidas com a difusão do Evangelho, e todos vocês, meus irmãos, amigos, que tem nos acompanhado durante tantos anos, na tarefa de levar Jesus Cristo aos corações aflitos, sejam os da floresta boliviana, com suas crencas indígenas, ou o povo do altiplano quechua, e porque nao pensar e louvar o que o Senhor faz em outro continente, o africano, que agora estende as mãos  às terras brasileiras…

Em minha igreja por exemplo, com a visão missionária de nosso Pastor Paulo Darcio, que já se encontra melhor de saúde, as classes de Português para os jovens muçulmanos, senegaleses estão acontecendo duas vezes por semana, sendo atendidas por Pr. Manuel, de Cabo Verde, onde ele e sua esposa Irene (Guiné-Bissau), formam “pontes de amor”!

No último domingo, ao visitar uma das igrejas da zona leste da cidade, o pedido foi da apresentação de módulos de Missões Transculturais, no primeiro trimestre do ano que vem. Todo o Departamento de Missões da igreja está interessado em aprender mais e como alcançar as duas realidades sociais: bolivianos e africanos, que povoam ao redor da igreja.

Orem por nosso grupo de trabalho do Projeto Diáspora Africana. Somos 5  os elementos que pensarão e dimensionarão as atividades. Estivemos, a missionária Noemi e eu, durante uma semana com estudos profundos sobre a teologia muçulmana, que nos capacitou e reforçou nossas aspirações missionárias.

Tenho sido abençoada pelo colarinho, apoio financeiro, orações e interesse geral de todos e meu agradecimento se estende sinceramente a cada um. Agora com a residência em S.P. ficarão mais fáceis os momentos para interagir e compartilhar com cada um de vocês, meus irmãos, as bençãos e experiências missionárias e a preciosa presença do Senhor. Esse tempo de avaliação médica tem sido  benéfico e reparador, e me alegra dizer que esta semana, meu coração se regosija ao estar com minha preciosa filha Tamarita, seu esposo e esses 4 filhos encantadores!!!!!

Nesse caminho missionário a palavra que lemos acima, na qual Jabez abre seu coração a Deus: bênçãos e alargamento de fronteiras, perceber a mão guidadora do Senhor e Seu cuidado em preserverva-lo do mal, e a consciência da resposta divina, continuam fazendo em meu coração a viva esperança de dedicar cada momento no serviço ao qual fui chamada em minha adolescência.

Nas fotos abaixo, algumas cenas de nossa atividade em Beira, no Instituto Bíblico de Sofala, outras da classe semanal aos sábados com as crianças da vizinhança, onde os jovens do curso de Professores de Crianças fazem seu estágio.
Também há momentos com amigos e famílias muito “especiais”, aos quais pude presentear com uma Bíblia para suas “pesquisas religiosas”.
Imagens de nossa querida Igreja Baptista de Muchatazina e sua alegria dominical.

Vamos estar mais perto, vamos conversar mais, e minha gratidão por sua colaboração somente o Senhor nosso Deus poderá avaliar.

Com carinho,
Ita.





Avatar
Publicado por Fernanda