03/10/2019

"Deixaram o barco e seu pai e seguiram Jesus"

"Então eles, no mesmo instante, deixaram o barco e seu pai e seguiram Jesus." Mt. 4:22

Queridos irmãos, muita gratidão em meu coração nesse quase final de ano...

É primavera! O Senhor nos envolve com o último frio do ano(?) e nossos olhos desfrutam das flores dos ipês!
Parecem frágeis as árvores, algumas, mas permitem passos e momentos rápidos e apressados dos paulistanos que correm o dia inteiro, sejam tocados nesse tapete amarelo em nossas ruas...

Este quadro me lembra as terras africanas: Baobás, embundeiros, assim chamados em algumas regiões, cobertos por frutos e folhas que se perdem ao vento, e mostram, orgulhosos os imensos galhos, que segundo as lendas são suas raízes, já que por castigo a árvore foi plantada de cabeça para baixo.

Situações inóspitas como os ciclones que passaram no centro e norte de Moçambique, meses atrás, transformaram casas, igrejas e escolas em espectros telhados como os galhos de baobá.
Chuva, frio, enfermidade, abrigos, orações, assim está nossa Igreja Baptista de Muchatazina. Cultos aos domingos com cânticos de regozijo ao Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador, fortalecem os corações nos momentos difíceis, com palmas e rítmicos pés, levando nossas almas ao Altíssimo, sentindo e envolvendo-se nos tecidos coloridos das roupas típicas, as capulanas.

Tanto as famílias haitianas de Guaianazes que comemoraram há alguns domingos o aniversário da Igreja Batista, com cânticos que nós aprendemos aqui no Brasil, em nossas igrejas, aqui no Brasil, mas o mesmo Deus os fez sobreviver aos terremotos locais, e encontraram em nossa pátria, um novo lar. Ali estamos com as mulheres que começam uma nova vida a usar a linha e a agulha, assim como Dorcas.

Há mais, e diante daqueles sorrisos nas 4as e 6as, os jovens senegales, que ainda não aceitam Jesus, o Filho de Deus, e nem percebem a grandiosidade de ter a Deus como Pai. Ao aprenderem a língua portuguesa, depois de um dia inteiro intercalando o francês e wolof e as pecas de roupas acomodadas em espaços nas ruas e avenidas do Brás, Deus nos dá a oportunidade de olhar em seus olhos e dizer abertamente que Deus é Amor.

Vindas da Síria, algumas mulheres ao fazer suas compras na feira, perto de casa e da igreja, levam nosso anseio por compartilhar ainda mais o amor divino que aquece nossa alma.

Assim estamos em nossa igreja, agradecidos a Deus por Sua direção em momentos da escolha de nosso pastor. Tempos de muita oração para que a vontade do Senhor fosse clara para cada um de nós, percorreu nossa alma.
As portas estão se abrindo para que em Dezembro possamos chegar a Beira e levar doações para as crianças, adolas, senhoras. Este é um projeto de fé e necessitamos de suas orações que segurarão as cordas...

Temas específicos podem ser colocados diante do Senhor como saúde, vistos, passagens, liberação das malas, nossas famílias, Tamarita, Noah e meus 4 lindos netos, ... sim, com seu apoio, para a Glória de Deus.

Carinhosamente,
Ita  

Avatar
Publicado por Fernanda