11/07/2018

Nosso Ministério

Queridos amigos,

Iniciamos esta carta com nossos corações cheios de gratidão e agradecimento. Desde da última carta enviada pela Patrícia contanto um pouco sobre as lutas que ela tem enfrentado na área de saúde, recebemos de diversas ligações, recados e e-mails de pessoas que se juntaram a nós neste momento de batalha.
Por isso queremos começar dando um pequeno reporte de como estão as coisas neste momento. Patrícia está fazendo fisioterapias para amenizar as dores causadas pela ATM e em breve fará aplicações de toxina botulínica que servirá para tirar a tensão que existe nas articulações do maxilar. O tratamento já tem ajudado muito e apesar de não estar 100% sem dor, ela já está bem melhor sem as dores agudas que estava sentindo. Quanto a Neuralgia do Trigêmeo ela continua usando os medicamentos para o tratamento. Somos muito gratos a todos vocês que tem orado e também pelos irmãos que contribuíram para o tratamento.


Nosso Ministério
Nos últimos meses, muitas coisas aconteceram, foram encontros, reuniões e muitas iniciativas de mobilização missionária especialmente para as diferentes oportunidades de ministério que temos na África, tanto para curto e longo prazo. Nosso alvo continua focado no envio de missionários para os mais de 800 povos ainda não alcançados pelo evangelho.
Em meio a todas essas iniciativas Patrícia e eu tivemos o privilégio de participar de uma ações que mais alegra nossos corações, o envio de missionários ao campo. No mês passado estivemos em Marília/SP e em Ortigueira/PR participando do envio de 2 casais para a África, um deles para o norte de Moçambique para o trabalho entre o povo Mwani e outro para o retorno ao norte do Quênia para o trabalho entre o povo Gabra e Borana.

Também nas últimas semana tivemos alguns missionários de curto prazo saindo para ministérios em diferentes lugares da África. Patrícia e eu estivemos envolvidos no treinamento, orientação e preparação destes amados irmãos. 

Estar envolvido na mobilização, orientação, treinamento e cuidado de missionários, sejam eles de curto ou longo prazo tem sido uma das nossas maiores alegria nestes anos de ministério e temos orado para que Deus continue levantando novas pessoas com chamado para servir na frente de batalha e também em áreas de retaguarda como na base da missão. Se você é um desses a quem Deus tem chamado, venha falar com a gente!


No início de Junho estivemos participando do VOCARE e junto com nossa equipe estivemos participando de várias atividades, recebendo interessados no nossos estande, ministrando uma oficina sobre chamado, mas o ponto alto foi a ceia missionária que ministramos com um convite ao envolvimento com os diversos povos não alcançados no Brasil e no mundo. Com a graça de Deus tivemos 195 jovens que foram a frente dedicar suas vidas para a obra transcultural missionária e agora estarão sendo acompanhados por um equipe do VOCARE.