11/09/2017

Providência

Setembro/2017

Providência de Deus
Anos atrás, quando eu cheguei em Moçambique, eu achava os nomes de alguns dos meus alunos na lista de chamada, ou mesmo na igreja, muito interessantes: Castigo, Miséria, Jornal, Alface, Cebola, Bacia etc. Entretanto, encontrei outros nomes lindos e de grande significado. Um menino da igreja que nasceu com muitas dificuldades, e perdeu a sua mãe no seu primeiro dia de vida, recebeu o nome de Milagre. A avó deu esse nome por entender que ele era fruto de um milagre de Deus. Conheci mulheres chamadas “Esperança”, “Paciência”, “Preciosa”, etc. Recentemente conhece a Providência. Uma mulher forte, decidida, e sedenta da Palavra de Deus. Uma mãe, esposa e avó, alguém que depois de uma longa jornada de trabalho nas alfândegas, resolveu encarar algumas horas de aula no nosso instituto. Ela foi a “providência” de Deus para nós quando precisávamos de um transporte. Eu já tinha batido em tantas portas à procura de um transporte, sem sucesso. O conselho municipal, por decisão do presidente deveria nos mostrar um outro terreno para nos compensar pelo terreno em conflito já por dois anos. Providencia nos ajudou e amavelmente levou a mim e outras mulheres da associação e junto aos representantes da prefeitura um novo local foi indicado.

Deus proveu o transporte, e o terreno. Nas semanas que se seguiram os trâmites foram feitos. O documento está na mão. Então, na linguagem de Josué, nós “espiamos” a terra e agora precisamos tomar posse dela, precisamos conquistá-la.  Nós tínhamos pedido ao prefeito que o terreno fosse o dobro do anterior, perto da paragem do transporte público e um local alto que não precisasse de aterro. O prefeito cumpriu e palavra e Deus suas promessas. Deus é Deus provedor. Pedimos que continuem a orar para que os passos seguintes sejam dados. Agora a prefeitura manda pessoas para colocarem os marcos e aí sim, podemos tomar posse da terra e pensar em por uma vedação. Recursos para construir não temos mas confiamos no Jeová Jireh, (Deus proverá).


Fotos da visita e documento do terreno.

Vivendo o livro de Josué
Este semestre estou a ensinar três disciplinas: didática, teologia do Antigo Testamento e Antigo Testamento II. Semanas atrás acabamos de estudar Josué e agora estou a viver o livro nessa novela interminável do nosso terreno. Espiamos, e pela graça esperamos tomar posse dele e em 2018 temos que pela fé começar a obra. Agora estamos em Samuel e estamos a reflectir sobre a vida de Salomão. Me deparei com a construção do templo e isso me deu mais força para sonhar com a nossa sede do projecto social. PROIDE. Esse ano estamos a qualificar as mamas na costura. Enviamos sete mamas para o curso de seis meses e duas que já costuram para um treinamento para serem monitoras. O ano que vem o desafio será expansão.

Viagem a Maputo
Cheguei na cidade da Acácias para três dias. Fui convidada para falar sobre a educação teológica num evento da Junta de Missões Mundiais e a convenção Batista de Moçambique. Uma honra, uma alegria e uma grande responsabilidade. De volta à Beira para as aulas, o plano é voltar a Maputo novamente, para ensinar num módulo no fim de setembro.

São alunos do Mestrado em Teologia e vou aproveitar o intervalo do nosso instituto para isso. Espero conseguir descer à Maputo alguns dias antes para descansar por uns três dias, ver os animais, olhar as vitrines, e recompor o meu físico.
Estive um pouco doente com uma infecção no pé por muitas semanas, o que me obrigou a tomar muitos medicamentos. Agora estou quase 100% recuperada, graças ao dermatologista cristão que achei, e principalmente ao grande Jeová Rafá que cura.
Continuem a orar por mim.

Maura Juçá Manoel


Deseja contribuir com meu ministério? Clique aqui.

Avatar
Publicado por Fernanda