01/12/2020

Servindo entre o povo Bara

BETROKA, novembro de 2020.

Por que Senhor?

"...e sabemos que, todas as coisas contribuem para o bem daqueles que O amam..." (Romanos 8.28)

Tudo pronto para viajarmos a uma vila passar o filme “Jesus”. O Povo já estava esperando e foi avisado com antecedência de que o “vazaha” (o branco) iria. A grande maioria nunca havia visto o filme. Alguns nem sequer sabiam quem era Jesus. Era quinta-feira pela manhã, e .... a moto quebrou! Como assim? Uma moto com 1500Km rodados, estragou? Por que, SENHOR? As pessoas estão esperando para ouvir sobre as Boas Novas. Ok! Sem problemas. Temos o pastor Emanoel que pode nos substituir. Não! Ele não poderá ir também. Por quê? Porque ele caiu de moto voltando de outra vila e machucou a perna! O que é isso (perguntei a mim mesmo. O diabo está furioso!) Não! Não é o diabo. É o SENHOR.

Achamos muito estranho essa afirmação, mas é verdadeira. Naquela mesma noite em que não pudemos ir para vila passar o filme “Jesus”, apesar da nossa frustração, recebemos uma ligação. A esposa de um evangelista havia dado à luz e teve uma grave hemorragia. Corremos com ela para a clínica/hospital local, e se ela não fosse levada às pressas, poderia ter morrido.

De fato, “...todas as coisas contribuem para o bem daqueles que O amam...chamados segundo o SEU propósito...”. Geralmente, pensamos nesse versículo em termos egocêntricos, pensamos em nós mesmos. Mas o final do versículo de Romanos 8:28, explica tudo: “segundo o SEU propósito” e não o nosso. Verdadeiramente, Deus permitiu minha moto quebrar, o pastor Emanoel cair e se machucar, para que essa mulher fosse salva. Realmente, todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus; a esposa do Evangelista certamente O ama!

E o povo a ser evangelizado? Ah! Sem problemas. Deus os ama também! Ele é o maior interessado. Antes do anoitecer, daquela mesma quinta-feira, um pastor local e amigo, iria ao programa de evangelização. Ele levou o projetor até a vila e passou o filme. Deus sabe como usar todos para a Glória do seu filho Jesus. Porque, certamente, há muitos que o amam!

Sobre Nós & Betroka
Após um longo período de lockdown, finalmente o governo de Madagascar começou a reabrir as estradas, comércio, escolas, igrejas, locais públicos, etc; a vida está voltando ao normal, aparentemente.

Foram oito meses de confinamento aqui em Betroka (nossa vila nas montanhas) e agora podemos sair livremente. Bem, nem tanto! O uso de máscara ainda continua obrigatório. Os casos de Covid-19 caíram substancialmente, embora não acreditemos serem totalmente verdadeiros; voos internacionais ainda não foram liberados, mas, ao menos, podemos voltar a servir ao Senhor. Não que não estivéssemos servindo-O, pois nos meses de confinamento, tivemos muitas oportunidades de mostrar a nossa fé “pelas obras”. Louvamos ao SENHOR pelo suprimento em todas as áreas e pela forma como Ele abriu portas para continuarmos honrando o Seu nome.


Bom, Jana e os meninos estão bem. Cada dia que passa, fico mais impressionado com o desenvolvimento do Timóteo e do Benício no aprendizado da língua Bara.  Já estou até querendo “contratar” o Benício para ser meu intérprete no futuro próximo (rs). Culturalmente, estão tão à vontade, que às vezes temos que falar para eles: “...essa não é nossa cultura...”(rs), por exemplo: pegar comida do prato do outro com o mesmo garfo que esta comendo;

Timóteo fala muito, mas pouca coisa em português! Ele mistura todas as línguas! Vai ser um barato quando chegar no Brasil. Bom, eu acho! Teremos o Segundo Mogli (o menino lobo das histórias de Tarzan; o primeiro é o Benício!). No mais, todos estão bem.

Jana continua envolvida no planejamento do ministério de mulheres, ministério infantil, etc... e, em Homeschooling. Ela tem trabalhado com muito esmero. Benício, aos 5 anos, já sabe ler e escrever em português e inglês. Ainda precisa de caligrafia! (como eu precisei por muito tempo). Louvamos a Deus pela sua disposição em ensinar o Benício e as outras crianças que estão juntas todos os dias (são 5). No campo missionário, adaptação e flexibilidade, em alguns casos, é fundamental para não perder a sanidade emocional!

Também estamos na expectativa de receber uma missionária de curto prazo para ajudar no Homescholling do Benício. É uma moça americana que deseja ajudar. Louvado seja o SENHOR. Essa é uma reposta de oração de quase 3 anos clamando ao Senhor.

Com a boa adaptação de todos, nossa saúde está muito bem. Todavia, após 7 anos de campo missionário, ganhei minha primeira cárie. O bom em ter cáries em Betroka, é que nem sempre o dentista está disponível. Conviver com o dente “estragado” poderia ser tranquilo se não fosse o pequeno incomodo da dor, e de não poder mastigar do lado em que o dente abriga esse “buraco” (rs). Mas graças a Deus a cárie veio em tempos de “não-lockdown”, então pudemos ir a uma cidade perto para “tapar o buraco”! Benício também teve um “buraquinho”, mas não foi causado por cáries, mas por morder alguma coisa ( eu acho que foi a mesa) e quebrou um pedaço do dente. Tudo normal!

No mais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e sede agradecidos. Alegrai-vos no Senhor! Outra vez, digo alegrai-vos.

Projetos & Ministério.
Queridos irmãos, devido ao número de projetos que o SENHOR nos confiou, percebemos que seria mais fácil gerir os recursos e administrar tempo e objetivos, se dividíssemos o projeto Madagascar (original) em dois projetos, ambos com objetivos iguais (a evangelização do povo Bara) mas com ministérios distintos.
Assim nasceu o Projeto Be Fitiavana, (que é traduzido por: Grande amor). Portanto, agora temos:

O Projeto Cooperadores é focado no treinamento de obreiros, mobilização de igrejas locais, apoio a evangelistas locais (fornecendo ferramentas de trabalho), agricultura à maneira de Deus, Filme “Jesus”, e outros projetos de evangelização;


O Projeto Be Fitiavana engloba várias estratégias de evangelização e desenvolvimento sócio-cultural e espiritual entre o povo Bara e da Igreja local. Envolve o trabalho com crianças (evangelização e discipulado), mulheres (corte e costura, discipulado e no futuro panificação se o Senhor abençoar) e escola (alfabetização de crianças em situação de risco); trabalho sociais (distribuição de roupas, alimentos, etc.).

PROJETO BE FITIAVANA
a) Ministério Infantil & Escola

Obviamente, embora isolados pela pandemia, não ficamos sem contato com as nossas crianças. Não podemos! Elas vêm a nossa casa todos os dias!
Certamente, o COVID-19 trouxe muitas dificuldades, mas o que mais prejudicou a vida do povo Bara aqui no Sul foi a seca prolongada de quase 1 ano. Contudo, o Senhor não se esqueceu deles.

Com ajuda de irmãos brasileiros, e a AIM Internacional, conseguimos abençoar nossas crianças (também pastores e evangelistas da Igreja) distribuindo um total de quase 10 Toneladas de arroz. Louvado seja Jesus. 

Centenas de crianças foram abençoadas, pastores, evangelistas, viúvas, doentes, etc. Os mais necessitados....